Sobre mim…

Sou uma Professora do Ensino Básico – 1.º Ciclo que responde pelo nome… Helena.

1. Como me vejo?

Adoro conversar, trocar experiências e vivências. Aprecio a honestidade, sinceridade e frontalidade. Gosto de rir e de brincar.  Adoro resolver problemas, na generalidade, e de lhes encontrar uma solução. Adoro aprender! Gosto de saber de tudo um pouco sem presunção de tudo saber… nada do que aprendo se desperdiça, mais cedo ou mais tarde terá utilidade. Gosto de aprender uma coisa nova todos os dias e adooorooo, os olhares de espanto dos meus alunos quando lhes digo que aprendi algo novo com eles ;).

2. Como comecei a gostar de aprender?

    Enquanto criança almejava viver a vida como uma eterna aventura… o desconhecido, as questões e as descobertas fascinavam-me…dizia que seria exploradora… encontrar uma resposta era sempre mote para mais uma pergunta!

    Apesar de viver nos arredores de Lisboa, na zona de Sintra, até aos meus nove anos, nunca me desloquei senão a pé ou de transportes públicos pelo que os passeios pela natureza circundante ou as viagens em família, nunca demorando menos do que uma hora, constituíam excelentes oportunidades para fuzilar os meus pais com extensíssimos róis de questões despudoradas e isentas de tabus…enfim…próprias de uma criança que bebe o mundo que a rodeia e nele procura encontrar o seu lugar. Não é sem razão que os meus pais recordam a minha idade dos Porquês? como uma fase bastante longa embora engraçada. Gabo-lhes a paciência (e que a tinham muita, tinham) e agradeço-lhes por nunca me deixarem sem respostas, adequando-as ao meu nível de compreensão e maturidade, e nunca faltando com a verdade.

3. Porque gosto de encontrar respostas/soluções?

    Naturalmente, cresci mas considero que conservo vivo o prazer da e pela descoberta… 

   Gostando de obter respostas, as mesmas não são, só por si, o que mais me motiva e dá prazer.  Os caminhos trilhados, os obstáculos ultrapassados, enfim, o percurso percorrido e que a elas conduziram, esses sim, constituem, sem dúvida, o maior e mais estimulante desafio, pois uma vez encontradas as respostas são aquilo que são, respostas. Mas mesmo essas não constituirão o fim em si mesmas se, chegados a elas, as entendermos como uma conquista e uma catapulta para uma nova catadupa de questões.

3. Como entendo a minha função enquanto professora?

  Não se julgue que um percurso, como o anteriormente descrito, será sempre simples, fácil e a direito, assume-se, frequentemente, difícil e sinuoso. Nessas alturas, ter alguém que nos dê um empurrãozinho, nos oriente, nos ajude a fazer o ponto da situação e/ou a redefinir estratégias poderá ser determinante para que não desistamos e,  progressivamente, confiemos mais nas nossas capacidades, enquanto fortalecemos a nossa resiliência. E esta é, humildemente, o que entendo ser, fundamentalmente, a minha função enquanto docente, mais do que ensinar o caminho, levá-los a descobrir o seu próprio caminho.

Parafraseando Morpheus em The Matrix,
(…) sooner or later you’re going to realize, just as I did, that there is a difference between knowing the path and walking the path (…)
 

4. Porque decidi ingressar uma Pós-graduação em Ensino especial?

    A opção de ingressar numa Pós-graduação em Ensino Especial: domínios cognitivo e motor deveu-se, essencialmente, a dois fatores: enriquecer a minha prática pedagógica, munindo-me de mais e melhores ferramentas e estratégias, a fim de mais cabalmente auxiliar os meus alunos nos seus percursos de aprendizagem e na superação de eventuais dificuldades com que estes se deparem ao longo dos mesmos, enquanto, sem qualquer tipo de hipocrisia, fico habilitada a lecionar em mais um grupo de recrutamento, aumentando, consequentemente, as hipóteses de ser colocada.

2 comentários

2 thoughts on “Sobre mim…

  1. Ana

    Olá Helena
    Sou docente de educação especial. Acho importante partilhar estas iniciativas. Deixo o meu blogue se quiser visitar.
    Ana
    meninosdiferentesdemim.blogspot.com

    • Olá Ana, obrigada pela visita.
      Visitei o seu blog e gostei muito.
      Tal como a Ana acredito que na partilha e troca de experiências nos enriquecemos e crescemos mutuamente.

      Helena

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: